Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escanifobético

Escanifobético

Money.

Julho 22, 2020

Nada ou pouco mudou em Portugal desde o tempo do Dantas e do Eça, o que é perigoso pois o analfabeto do séc. XXI não aquele que não sabe ler e escrever, mas aquele que não sabe aprender, desaprender e reaprender.

O problema maior da rétorica dos fundos europeus, não são os fundos em si mesmo, mas a nossa mentalidade e a incapacidade de pensarmos pela nossa própria cabeça.

Aquilo a que chamam de inovação digital e desenvolvimento técnológico é um logro, e não é só em Portugal mas no mundo. Não há avanços técnicos assinaláveis desde os anos 90, o desenvolvimento é apenas ergonómico e não cientifico. Os 'gadgets' estão mais pequenos, os 'chips' estão mais pequenos e mais rápidos, mas não existe disrupção, só a promessa com a 'quantum computation'.

Portugal deveria voltar-se para o mar e fazer investigaçao e uso da força do mar, criar novos barcos, máquinas submarinas, máquinas de construção debaixo do mar, aproveitar as capacidades da flora oceanica para a alimentação e medicamentos, um sem fim de aplicações podiam ser alocadas a uma nova maneira de pensar.

A economia digital devia ser utilizada para desenvolver um sistema operativo portuguễs na administração pública e acabar de vez com problemas burocráticos e não andar a iludir-nos com 'Apps'  que para nada servem a não ser 'routear' o cidadão e limitar-lhe a liberdade.

A mentalidade é que devia mudar e não andarmos toda a vida a copiar método capitalista de achar que o progresso é pỗr consumiveis no mercado digital para transformar cidadãos pensantes em máquinas de consumo.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D